Fique por dentro

Loading...

9º ANO

Figuras de linguagem

1 - Explique a relação de semelhança sobre a qual se construíram as metáforas:
Os catadores de papel são triste paisagem.
Teu sorriso é  uma aurora.
O hipopótamo é um bruto sapatão afogado.
Esse vendedor de carros é uma raposa.
Seu mau-humor é chuva de verão.
Meu novo apartamento é uma caixa de fósforos.
Nosso relacionamento é um mar de rosas.



2 - Identifique as figuras usadas nas frases abaixo:
O bonde passa cheio de pernas.
O gato é preguiçoso como uma segunda-feira.
Não fique pensando que o povo é nada.
Uma coisa triste no fundo da sala./ me disseram que era Chopin.
Coitado do Durval: não foi feliz na prova.
Gastei  rios de dinheiro no meu curso de computação.
Os carros não andam, voam.
O vento beija meus cabelos,      as ondas lambem minhas pernas,      o sol abraça o meu corpo,       o meu destino é ser star.
0O noivo da minha irmã pediu a mão dela em casamento.
As pessoas vão e vêm, entram e saem.
Quando a indesejada das gentes chegar, encontrará o campo livre.
A mim, não me convidaram para o torneio de vôlei.
Há males que vêm para o bem.
Há males que faz tempo estão grisalhos.
O rapaz saltou da ponte da vida.
Essas vãs promessas, já as conheço de sobra.
Meu verso é sangue ... Volúpia ardente.
Estou esperando você há séculos!
As pessoas aqueciam-se ao pé das grandes fogueiras.
A vida é um incêndio.
A mão toca o violão/ se for preciso vai à guerra.
Cantava muito Chico Buarque.
O rei do futebol esteve presente na homenagem.
Era uma pessoa que não raramente faltava com a verdade.
Pra se viver, há de se sentir a morte.
Meus olhos desmaiaram de emoção ao vê-la.

3 - Leia este trecho do poema outro noturno, de Murilo Mendes.
                   A Baía de Guanabara, diferente das outras baías, é camarada,
                   recebe na sala de visitas todos os navios do mundo
                   e não fecha a cara.
                   tudo perde o equilíbrio desta noite.
                   as estrelas não são mais constelações célebres,
                   são lamparinas com ares domingueiros.
Para se referir às águas da baía, qual a metáfora empregada pelo poeta?
 indique em que versos ocorrem as seguintes figuras:
       personificação-                                                      metáfora -

4 - Crie eufemismo para os seguintes casos:
Como diria o torcedor de um time muito ruim -
Como diria o pai de um aluno que corre o risco de ser reprovado -
Como diria o pai de um aluno burro -
Paulo, seu trabalho de português está horrível! -
Ele é um ignorante -    
Você é um mentiroso!

Eles são grosseiros -



Atividades para AULA 33

1 - A palavra se é conjunção subordinativa integrante (por introduzir oração subordinada substantiva objetiva direta) em qual das orações seguintes?

a) Ele se morria de ciúmes pelo patrão.
b) A Federação arroga-se o direito de cancelar o jogo.
c) O aluno fez-se passar por doutor.
d) Precisa-se de pedreiros.
e) Não sei se o vinho está bom.

2 - "Os homens sempre se esquecem de que somos todos mortais." A oração destacada é:

a) substantiva completiva nominal
b) substantiva objetiva indireta
c) substantiva predicativa
d) substantiva objetiva direta
e) substantiva subjetiva

3 - "Estou seguro de que a sabedoria dos legisladores saberá encontrar meios para realizar semelhante medida." A oração em destaque é substantiva:

a) objetiva indireta
b) completiva nominal
c) objetiva direta
d) subjetiva
e) apositiva

4 - Há oração subordinada substantiva apositiva em:

a) Na rua perguntou-lhe em tom misterioso: onde poderemos falar à vontade?
b) Ninguém reparou em Olívia: todos andavam como pasmados.
c) As estrelas que vemos parecem grandes olhos curiosos.
d) Em verdade, eu tinha fama e era visto valsista emérito: não admira que ela me preferisse.
e) Sempre desejava a mesma coisa: que a sua presença fosse notada.

"Lembro-me de que ele só usava camisas brancas." A oração em destaque é:

a) substantiva completiva nominal
b) substantiva objetiva indireta
c) substantiva predicativa
d) substantiva subjetiva
e) n.d.a.

5 - Procurando se ater ao código ora exposto, relacione a segunda coluna de acordo com a primeira:
a – (A) oração subordinada objetiva direta
b – (B) oração subordinada completiva nominal
c – (C) oração subordinada objetiva indireta
d – (D) oração subordinada subjetiva
e – (E) oração subordinada predicativa
(   ) Ninguém desconfiava de que as decisões já estavam tomadas.
(   ) Chegamos à conclusão de que nosso passeio não acontecerá.
(   ) O problema é que não confio em você.
(   ) O barulho constante não permite que os moradores vivam tranquilos.
(   ) Decidiram-se que as novas mercadorias teriam um novo valor.

6 - Na frase: “Suponho que nunca teria visto um homem”, a subordinada é:
a – (   ) substantiva objetiva direta
b – (   ) substantiva completiva nominal
c – (    ) substantiva predicativa
d – (    ) substantiva apositiva

e – (    ) substantiva subjetiva

 19 - 02 - 2014 ATIVIDADE DE REVISÃO PARA SEXTA - FEIRA

BOM TRABALHO!


  1. Divida os períodos e classifique as orações:

a)      Ora ele planta, ora ele capina o mato.
________________________________________________________________________________
b)      Ele não plantou milho nem derrubou o mato.
________________________________________________________________________________
c)      Zé Brasil trabalha na terra, porém o coronel fica com os lucros.
________________________________________________________________________________
d)     Ele trabalha muito; devia, pois, lucrar mais.
________________________________________________________________________________
e)      O coronel o expulsou, pois era o dono das terras.
________________________________________________________________________________
f)       O camponês preparou a terra, plantou, não colheu nada .
________________________________________________________________________________
g)      Quer ele seja vadio, quer seja indolente, ninguém deve culpá-lo por isso.
________________________________________________________________________________
h)      Tentou matar as formigas, contudo não conseguiu; logo, desistiu de tudo.
________________________________________________________________________________
i)        Zé Brasil tentou comprar umas terras; entretanto, não comprou.
________________________________________________________________________________
j)        Ponha atenção nas doenças do Zé Brasil, que você o compreenderá melhor.
________________________________________________________________________________

4.      Junte as orações dadas em cada item, usando como ligação uma conjunção coordenativa; indique o tipo de relação estabelecida.
Ex.: a) Ela não teve tempo de estudar.
       b) Esforçou-se e fazer uma boa prova.
       c) Ela não teve tempo de estudar, no entanto, esforçou-se em fazer uma boa prova. (adversativa)
1.      a) O campeonato foi muito duro.
b) Os atletas merecem um longo descanso.
_________________________________________________________________________________

2.      a) Você é um grande amigo nosso.
b) Contamos urgentemente com sua ajuda.
_________________________________________________________________________________

3.      a) Ele é uma pessoa competente.
b) É capaz de falhar algumas vezes, como qualquer um de nós.
_________________________________________________________________________________

4.      a) Ele quer ficar rico.
b) Deve trabalhar com muito afinco.
_________________________________________________________________________________

5.      a) Não desanime diante das dificuldades.
b) A recompensa vale o esforço.
_________________________________________________________________________________

6.      a) O velho pai sofria com isso.
b) Não chorava vem maldizia a sorte.
_________________________________________________________________________________

7.      a) Aquela cidade não oferece muitas chances de trabalho.
b) Muitos jovens insistem em não sair de lá.
_________________________________________________________________________________

8.      a) Não gostava da vida na cidade.
b) Tinha planos de comprar um sítio e ir morar no interior.

_________________________________________________________________________________

10 -02-2014


Considere estes versos de Olavo Bilac:
1- “Longe do turbilhão estéril da rua,/Beneditino, escreve!”:

2 – “De tal modo, que a imagem fique nua [...]”
3 –  “E, natural, o efeito agrade,/Sem lembrar os andaimes do edifício”.

Os verbos em destaque classificam-se, respectivamente, como:

a) intransitivo – de ligação – transitivo direto.
b) transitivo direto – intransitivo – intransitivo
c) transitivo – intransitivo – transitivo
d) transitivo – de ligação - intransitivo
e) transitivo direto – de ligação – transitivo direto e indireto

Assinale as alternativas corretas, de acordo com a classificação das frases entre parênteses.

1)  Eles querem o carro. (predicado verbal)
2)  Os garotos chegaram cansados ao museu. (predicado verbo-nominal).
4)  O rei tornou-se ladrão. (predicado verbal)
8)  Os bêbados, furiosos, viraram a mesa do bar. (predicado nominal)


16)  O pobre mendigo, depois de receber a herança que lhe era devida, virou rei. (predicado nominal)

1. Classifique os verbos em destaque nas orações abaixo quanto à predicação  verbal (VL – I –TD –TI –TDI):
a) Há estranhos em casa. ____________________________
b) «Diante da mãe e do chinelo parou.»  ___________________________
c)  Falamos aos cronistas urbanos. ____________________________
d) Ficou desapontado . ____________________________
       Depois quase chorou de ódio.» ____________________________
e) Conhecestes a mãe de Maria? ______________________
f)  Paulo lhe deu flores lindas. _____________________
g) O primeiro ensaio foi logo à noite. ____________________________
h) Fiquem atentos, por favor! ________________________
i) Permaneceram atônitos . ______________________

j) Os trens apitavam . ______________________

2.Faça a correlação, tendo em vista o tipo de predicado, e sublinhe o predicativo, se houver: 
(1) Predicado verbal      (2) Predicado nominal         (3) Predicado verbo-nominal
 1. (    ) «O homem parecia assustado.» 
2.(    )   O freguês  saiu da loja.
3.(    ) «Nossos guerreiros voltaram vitoriosos.»
4.(    ) O mágico parece ágil.
5.(    ) Nossos guerreiros voltaram.
6.(    ) Nossos guerreiros lutaram bravamente.
7.(    ) A turma  ficou atônita.
8.(    ) O  homem enfrentou  seu adversário.
9.(    ) O  freguês saiu da loja satisfeito.
10.(    )«Não sou o herói do dia.»
11.(    ) «Os sapos gargarejavam alto.»
12.(    ) Virgília entrou tristonha e sossegada.
13.(    ) Virgília entrou cautelosamente.
14.(    ) «Os guindastes rangiam.»
15)(    ) Os rapazes receberam alegres as medalhas.


Assinale a alternativa correta em relação à classificação dos predicados das orações abaixo: 

               I - Todos nós consideramos a sua atitude  infantil.

               II - A multidão caminhava pela estrada .

               III -  A criançada continua emocionada.

a) predicado verbal, predicado nominal,  predicado verbo-nominal.
b) predicado nominal, predicado verbal,  predicado verbo-nominal.
c)  predicado verbo-nominal,  predicado verbal,   predicado nominal.
d) predicado verbo-nominal, predicado nominal, predicado verbal.
e) predicado verbal, I predicado verbal, predicado verbo-nominal.

03-02-2014
Exercícios sobre orações coordenadas


Verifique o código em evidência, empregando-o corretamente de acordo com os casos expressos pelas orações a seguir:
A – coordenada aditiva
B – coordenada adversativa
C – coordenada alternativa
D – coordenada explicativa
E – coordenada conclusiva
a- Não fomos ao aniversário, porém trouxemos o presente (   ).
b – Ou tentas se qualificar melhor, ou serás demitido (   ).
c – Conseguimos obter um ótimo resultado, pois nos esforçamos bastante (   ).
d- A garota não compareceu à aula porque estava doente (   ).
e – Viajamos muito e chegamos exaustos.
f – Não vejo importância neste tema, portanto encerraremos a reunião.
g – Não gosto de sua atitude, todavia não lhe trato mal.

O período composto por coordenação é retratado por orações que não mantêm dependência sintática entre elas, isto é, somente são ligadas pelo uso da conjunção.
Assim sendo, demonstre seu conhecimento elaborando uma oração para cada modalidade solicitada:
a- aditiva
b- adversativa
c- alternativa
d- explicativa
e- conclusiva

USO DA VÍRGULA

 Em datas, separando o nome da localidade.
Exemplo: Brasília, 21 de maio de 2008.
Nos endereços.
Exemplo: Rua 23 de março, 1993.
Quando no início da frase usar sim ou não (como resposta).
Exemplo:
- Sim, vou sair.
- Não, sairei somente amanhã.
Com o vocativo e o aposto.
Exemplos:
- Menina, fique calma! (vocativo)
- Luiz XV, o rei da Dinamarca, morreu. (aposto)]
Em termos independentes entre si.
Exemplo: A rua, os prédios, as casas, os pedestres, os carros fazem parte do cenário de uma grande metrópole.
Expressões explicativas ou retificativas.
Exemplo:
- Comi chocolate ontem, álias, anteontem.
- João falou tudo a polícia, ou melhor, tudo o que sabia.
- Amanhã vai começar as festas do mês de junho, isto é, as festas juninas.
Com alguns predicativos.
Exemplo: Alegre e eufórico, caminhava a mulher pelas lojas.
Adjunto adverbial.
Exemplos:
- Amanhã, Carlos partirá de uma luta.
- Yara consegue, pouco a pouco, vencer as dificuldades da vida.
Termos deslocados.
Exemplo: O Brasil, eu amo.
Orações coordenadas assindéticas.
Exemplo: Saiu correndo, pegou o trem, desceu do vagão, andou um pouco, chegou ao trabalho.
Orações coordenadas sindéticas.
Exemplos:
- Correu para pegar o ônibus, mas chegou atrasado no trabalho.
- Não fique triste, que tudo pode melhorar.
Orações subordinadas adjetivas explicativas.
Exemplo: O ser humano, que é um ser racional, merece o melhor.



12-09-2013

1 - Identifique a alternativa em que ocorre um pleonasmo vicioso:
a) Ouvi com meus próprios ouvidos.
b) A casa, já não há quem a limpe.
c) Para abrir a embalagem, levante a alavanca para cima.
d) Bondade excessiva, não a tenho.
e) N.D.A.












 Redação de Sucesso - Os Dez Mandamentos
1) Pense no que você quer dizer e diga da forma mais simples. Procure ser direto (conciso) na construção das sentenças.
2) Use a voz ativa, evite a passiva. Evite termos estrangeiros e jargões. 
3) Evite o uso excessivo de advérbios. Tome cuidado com a gramática.
4) Tente fazer com que os diálogos escritos (em caso de narração) pareçam uma conversa. O uso do gerúndio empobrece o texto. Exemplo: Entendendo dessa maneira, o problema vai-se pondo numa perspectiva melhor, ficando mais claro...
5) Evite o uso excessivo do "que". Essa armadilha produz períodos longos. Prefira frases curtas.Exemplo: O fato de que o homem que seja inteligente tenha que entender os erros dos outros e perdoá-los não parece que seja certo. Adjetivos que não informam também são dispensáveis. Por exemplo: luxuosa mansão (Toda mansão é luxuosa!).
6) Evite clichês (lugares comuns) e frases feitas. Exemplos: "fazer das tripas coração", "encerrar com chave de ouro", “silêncio mortal", "calorosos aplausos".
7) Verbo "fazer", no sentido de tempo, não é usado no plural. É errado escrever: "Fazem alguns anos que não viajo". O certo é “Faz alguns anos que não viajo”. 
8) Cuidado com redundâncias. É errado escrever, por exemplo: "Há cinco anos atrás". Corte o "há" ou dispense o "atrás". A forma correta é “Há cinco anos...”
9) A leitura intensiva facilita o uso da vírgula corretamente. Leia muito, leia sempre!
10) Nas citações: use aspas, coloque vírgula e um verbo seguido do nome de quem disse ou escreveu o que está sendo citado. Exemplo: “O que é escrito sem esforço é geralmente lido sem prazer.”, disse Samuel Johnson.
Avaliação da Redação - Os Cinco Pecados Capitais
Veja os equívocos apontados por organizadores de concursos e vestibulares como os mais cometidos pelos candidatos.
1) Ordenação das ideias
A falta de ordenação é um erro comum e indica, segundo os organizadores de vestibulares, que o candidato não tem o hábito de escrever. O texto fica sem encadeamento e, às vezes, incompreensível, partindo de uma ideia para outra sem critério, sem ligação.
2) Coerência e coesão
Em muitas redações, fica evidente a falta de coerência: o candidato apresenta um argumento para contradizê-lo mais adiante. Já a redundância denuncia outro erro bastante comum: falta de coesão. O candidato fica dando voltas num assunto, sem acrescentar dado novo. É típico de quem não tem informação suficiente para compor o texto.
3) Inadequação
A inadequação é um tipo de erro capaz de aparecer inclusive em redações corretas na gramática e ortografia e coerentes na estrutura. Nesse caso, os candidatos costumam fugir ao tema proposto, escolhendo outro argumento, com o qual tenham maior afinidade. O distanciamento do assunto pode custar pontos importantes na avaliação.
4) Estrutura dos parágrafos
Muitos dos candidatos têm demonstrado dificuldade em separar o texto em parágrafos. Sem a definição de uma ideia em cada parágrafo, a redação fica mal-estruturada. Um erro muito comum, nesse caso, é cortar a ideia em um parágrafo para concluí-la no seguinte. Ou, então, deixar o pensamento sem conclusão.
5) Estrutura das frases
Erros de concordância nos tempos verbais, fragmentação da frase, separando sujeito de predicado, utilização incorreta de verbos no gerúndio e particípio são algumas das falhas mais comuns nas redações. Esses erros comprometem a estrutura das frases e prejudicam a compreensão do texto.